Nebulosidade

Nebulosidade

A nebulosidade é medida observando uma porção do céu cuja cobertura é atribuída à presença de nuvens. A nebulosidade é geralmente indicada em décimos ou oitavos de céu coberto.

Na meteorologia, a condição do tempo é em grande parte definida pela fração do céu coberta por nuvens. A nebulosidade é monitorada em estações meteorológicas convencionais e também em aeroportos, analisando-se sempre a quantidade, os tipos e também a altura das nuvens.

Um céu limpo (clear sky), por exemplo, é aquele onde não há nuvens presentes. Quando há entre um e dois oitavos de céu encoberto, dizemos que há poucas nuvens (few clouds). Quando a nebulosidade aumenta para três ou quatro oitavos, dizemos que o céu possui nuvens esparsas (scattered clouds). Entre cinco e sete oitavos, temos um céu nebuloso (broken clouds). Um céu encoberto (overcast) é aquele totalmente tomado por nuvens.

Esta análise é geralmente realizada de maneira subjetiva pelo meteorologista, e é muito observada em códigos METAR e SPECI emitidos pelos aeroportos. Identificar nuvens à distância pode ser um grande desafio para o olho humano, o que faz com que a cobertura de nuvens seja geralmente superestimada em regiões mais próximas ao horizonte.


Autor: Matheus Manente
Fonte: American Meteorological Society, cited 2014: Cloud Cover. Glossary of Meteorology. [Available online at http://glossary.ametsoc.org/wiki/cloudiness]; Ahrens, C. D. Meteorology Today: An Introduction to Weather, Climate, and the Environment. Brooks/Cole Cengage Learning, Belmont, CA, 2009.

Marcações: