Meteorologia Operacional

Meteorologia Operacional

Área da meteorologia cujo foco principal é a análise de dados e a previsão do tempo.

Meteorologistas operacionais criam previsões ao analisar informações sobre as condições meteorológicas como temperatura, pressão atmosférica ou velocidade do vento, e aplicar técnicas científicas, matemáticas e físicas sobre estas informações.

A área da meteorologia operacional pode abrangir diversos ramos de atuação. Em estações de TV, meteorologistas operacionais podem se responsabilizar pela previsão e também pela transmissão da informação; nos centros de Defesa Civil, eles são responsáveis por monitorar condições meteorológicas extremas que possam causar algum risco ao público; na área da agricultura, eles podem utilizar previsões climáticas para planejar plantios e colheitas; etc.

Meteorologistas operacionais devem possuir diploma em curso superior de meteorologia, ciências atmosféricas ou ciências naturais, e alguns também possuem pós-graduação, mestrado e doutorado, pois um grau mais avançado pode ser essencial em trabalhos que demandem pesquisa ou administração de negócios. Existem também formações específicas para a aplicação da meteorologia nos meios de comunicação.


Autor: Matheus Manente
Fonte: Finch, C. Facts for an Operational Meteorologist. [Available online at http://work.chron.com/operational-meteorologist-28336.html]; Bureal of Labor Statistics, cited 2015: Atmospheric Scientists, including Meteorologists. [ available online at https://www.bls.gov/ooh/life-physical-and-social-science/atmospheric-scientists-including-meteorologists.htm]

Marcações: