Granizo

Granizo

Granizos são pedaços de gelo, transparentes ou parcialmente opacos, que variam em tamanho desde um feijão até uma bola de golf. Dependendo do tamanho podem ser extremamente danosos a carros, colheita e etc.

O granizo é produzido em nuvens do tipo Cumulonimbus em temperaturas abaixo de 0°C, geralmente em meio a intensas tempestades. Sua formação ocorre quando gotas de água super resfriada são incorporadas por particulas de gelo em um processo chamado de acreção.

Como nesse tipo de nuvem os movimentos verticais ascendentes são intensos, as partículas de gelo crescem até atingir tamanho suficiente para romper essa barreira e precipitarem. Para um granizo atingir o tamanho de uma bola de golf, por exemplo, demora cerca de 5 a 10 minutos, e o processo requer mais de 10 bilhões de gotículas de nuvem.

A medida que o granizo precipita ele começa a derreter, e muitas vezes não chega ao solo, derretendo completamente e precipitando na forma de água líquida (chuva). No entanto, em tempestades muito intensas, o granizo consegue atingir tamanhos suficientemente grandes para chegar ao solo. Curiosamente, esse tipo de precipitação é mais observada em épocas quentes do que frias, devido ao maior número de formação dessas tempestades.

O granizo causa muitos danos à propriedades como carros, aviões, telhados de vidro e especialmente produções agrícolas. Segundo o National Weather Service Forecast Office dos Estados Unidos, o granizo causa um prejuízo de mais de 1 bilhão de dólares por ano.


Autor: Rafael Cesario de Abreu
Fonte: Ahrens, C. D. Meteorology Today: An Introduction to Weather, Climate, and the Environment. Brooks/Cole Cengage Learning, Belmont, CA, 2009. National Weather Service Forecast Office – Hail.

Marcações: