Efeito Estufa

Efeito Estufa

Efeito de aquecimento exercido pela atmosfera no planeta graças à presença de gases traço (vapor d’água, dióxido de carbono etc.) que absorvem e reemitem radiação.

O efeito estufa possui suas raízes na Lei de Kirchhoff, que estabelece que bons absorvedores de energia são bons emissores para um determinado tipo de radiação, e da mesma maneira pobres absorvedores são pobres emissores. Os gases do efeito-estufa, ou gases traço (que também incluem o óxido nitroso, metano e ozônio) absorvem muita radiação infravermelha e pouca radiação solar.

Isto significa que os gases-estufa interagem muito pobremente com a radiação solar, que consegue chegar até a superfície e aquecê-la. Esta “janela” de radiação sobre a qual os gases não interagem é chamada de janela atmosférica. Ao aquecer, a superfície terrestre re-emite radiação infravermelha em direção à atmosfera.

Os gases traço são capazes de absorver esta radiação emitida pela superfície, ganhando energia cinética e consequentemente aumentando a temperatura do ar. Isso faz com que uma grande parte da energia emitida pelo planeta mantenha as camadas mais baixas da atmosfera quentes. Os gases também emitem radiação infravermelha, que em parte retorna e aquece novamente a superfície terrestre, gerando um ciclo de emissão e absorção que aprisiona a radiação e esquenta o planeta.

No passado, imaginava-se que este efeito de aquecimento era similar ao que ocorre nas estufas utilizadas para cultivar plantas, o que rendeu o nome do fenômeno. No entanto, descobriu-se mais tarde que a natureza de ambos é diferente. Por manter o planeta quente, o efeito-estufa é uma peça essencial para a existência de vida na Terra.

Curiosidades:

  • Sem o efeito-estufa, a temperatura média do planeta seria 33ºC mais baixa do que é atualmente, impossibilitando a presença de água líquida e consequentemente de vida.
  • Nuvens são excelentes emissores e absorvedores de radiação infravermelha, contribuindo com o efeito estufa. Noites de céu nublado tendem a ser mais quentes graças à este efeito, enquanto em noites de céu aberto a radiação escapa para o espaço e o tempo tende a esfriar, o que pode causar fenômenos de orvalho e geada.

Autor: Matheus Manente
Fonte: Ahrens, C. D. Meteorology Today: An Introduction to Weather, Climate, and the Environment. Brooks/Cole Cengage Learning, Belmont, CA, 2009. American Meteorological Society, cited 2015: Greenhouse Effect. Glossary of Meteorology. [Available online at http://glossary.ametsoc.org/wiki/Greenhouse_effect]

Marcações: