Cirrus

Cirrus

Nuvens curtas e destacadas cuja aparência lembra tufos de cabelo, encontradas em altas altitudes.

As cirrus (abreviação Ci) geralmente se formam em alturas superiores a 6 km na atmosfera, e são nuvens finas, sopradas por ventos fortes na forma de longas bandeirolas. Possuem uma aparência delicada, com brilho sedoso e por vezes lembram tufos de cabelo.

Encontradas em qualquer época do ano, as cirrus geralmente são as nuvens mais brancas do céu, embora ao início ou fim do dia elas possam tomar as cores do pôr-do-sol. Como o ar é muito frio e seco nas altitudes em que se formam, as cirrus são compostas exclusivamente por cristais de gelo.

Este tipo de nuvem não é capaz de provocar chuva – Embora possa precipitar, a água nunca chega a atingir o chão, evaporando no meio do caminho. Geralmente sua formação é acompanhada por tempo firme e aberto.

Curiosidade: No idioma inglês, cirrus são conhecidas como “mares’ tails” ou “caudas de éguas”, pois sua aparência pode lembrar o rabo de um cavalo.


Autor: Matheus Manente
Fonte: Ahrens, C. D. Meteorology Today: An Introduction to Weather, Climate, and the Environment. Brooks/Cole Cengage Learning, Belmont, CA, 2009; Met Office, cited 2015: Cirrus. Cloud Spotting Guide [Available online at http://www.metoffice.gov.uk/learning/clouds/cloud-spotting-guide.];

Marcações: