Cirrostratus

Cirrostratus

Nuvens largas, finas e transparentes, encontradas em altas altitudes, geralmente cobrindo grandes porções do céu.

As cirrostratus (abreviação Cs) se formam em alturas superiores a 6 km na atmosfera, e são compostas por um lençol fino e transparente de nuvem que cobre o céu sobre uma área que pode atingir milhares de quilômetros. Geralmente, esta camada é tão fina que o sol e a lua podem ser vistos claramente através da nuvem.

As cirrostratus são compostas por cristais de gelo que são capazes de refratar a luz e criar fotometeoros como os halos – anéis luminosos que circundam o sol ou a lua. Cirrostratus possuem cor esbranquiçada, mas às vezes são tão finas e transparentes que um halo é a única pista de sua presença.

Este tipo de nuvem não é capaz de provocar chuva. No entanto, por geralmente se formar em áreas à frente de tempestades, as cirrostratus podem ser utilizadas para prever chuva em intervalos de até 24 horas, principalmente se nuvens de altura média como altocumulus se formarem em seguida.

Curiosidade: Cirrostratus são finas e transparentes o suficiente para que o Sol seja capaz de projetar sombras no chão. Esta é uma boa maneira de diferenciar nuvens cirrostratus e altostratus, uma vez que a última não é fina o suficiente para permitir a formação de sombras.


Autor: Matheus Manente
Fonte: Ahrens, C. D. Meteorology Today: An Introduction to Weather, Climate, and the Environment. Brooks/Cole Cengage Learning, Belmont, CA, 2009; Met Office, cited 2015: Cirrostratus. Cloud Spotting Guide [Available online at http://www.metoffice.gov.uk/learning/clouds/cloud-spotting-guide].

Marcações: