Cirrocumulus

Cirrocumulus

Nuvens minúsculas e brancas, geralmente agrupadas em grande número, encontradas em altas altitudes.

As cirrocumulus (abreviação Cc) geralmente se formam em altitudes superiores a 6 km na atmosfera, e possuem a aparência de minúsculos algodões redondos que podem se formar individualmente ou em grandes grupos, e geralmente cobrem pequenas porções do céu.

As cirrocumulus possuem uma cor predominantemente branca, mas durante o pôr-do-sol podem se tornar avermelhadas, formando um fenômeno belo e chamativo. São compostas por cristais de gelo, devido à altitude na qual se formam, onde o ar é muito frio e seco.

Este tipo de nuvem não é capaz de provocar chuva. No entanto, quando em grande número, cirrocumulus podem ser um indício de formação de tempestades, se formando cerca de 8 horas antes da entrada de uma frente fria.

Curiosidade: Céus com um grande número de cirrocumulus ou altocumulus são geralmente denominados de Céu de Mackerel, pois as pequenas ondulações nas nuvens lembram as escamas de um peixe mackerel.


Autor: Matheus Manente
Fonte: Ahrens, C. D. Meteorology Today: An Introduction to Weather, Climate, and the Environment. Brooks/Cole Cengage Learning, Belmont, CA, 2009; Met Office, cited 2015: Cirrocumulus. Cloud Spotting Guide [Available online at http://www.metoffice.gov.uk/learning/clouds/cloud-spotting-guide].

Marcações: