Ciclone

Ciclone

Áreas de baixa pressão onde as linhas de pressão constante são fechadas. O centro do ciclone é geralmente caracterizado por ventos fortes e chuva intensa.

Um ciclone é uma região de baixa pressão, onde as linhas de mesma pressão (isobáras) são fechadas. Devido à variação contínua da pressão atmosférica ao redor do globo, formam-se regiões distintas de alta e baixa pressão. Graças à essas diferenças, uma força chamada Força do Gradiente de Pressão é criada.

Somada ao efeito de rotação da Terra, essa força faz com que o vento gire no sentido horário no Hemisfério Sul e no sentido anti-horário no Hemisfério Norte.

Em um ciclone, ou região de baixa pressão em superfície, os ventos sopram em direção à seu centro. Isso faz com que o ar ascenda na atmosfera e forme nuvens, tornando característica a presença de ventos fortes e tempestades. A identificação desses sistemas é de grande interesse dos meteorologistas para obter uma melhor previsão do tempo.

Curiosidade: É comum a utilização do termo Ciclone para outros fenômenos com furacões, tornados e até mesmo ventos fortes. Os ciclones muitas vezes são chamados de “baixas”.


Autor: Rafael Cesario de Abreu
Fonte: American Meteorological Society, cited 2014: Cyclone. Glossary of Meteorology. [Available online at http://glossary.ametsoc.org/wiki/Cyclone], Ahrens, C. D. Meteorology Today: An Introduction to Weather, Climate, and the Environment. Brooks/Cole Cengage Learning, Belmont, CA, 2009.

Marcações: