Atmosfera

Atmosfera

Um envelope gasoso ligado gravitacionalmente a um corpo celeste, como um planeta, um satélite ou uma estrela.

A atmosfera terrestre é uma camada gasosa e fina, composta principalmente por nitrogênio (N2, 78%), oxigênio (O2, 21%) e pequenas quantidades de outros gases, como vapor d’água e dióxido de carbono. Na atmosfera também encontramos nuvens de água líquida e cristais de gelo.

Apesar de nossa atmosfera se estender por centenas de quilômetros acima da superfície do planeta, 99% de todo o seu conteúdo está nos primeiros 30 km. Não existe um limite superior para a atmosfera, ao invés disso ela vai se tornando cada vez mais rarefeita – isto é, sua concentração de gases diminui a tal ponto que se funde ao espaço vazio que compõe boa parte do universo.

Este cobertor de ar é capaz de proteger as formas de vida do planeta da perigosa radiação ultravioleta que o sol emite, assim como dos meteoritos que vagam pelo espaço.

As atmosferas de outros planetas possuem propriedades e composições muito diferentes. Por exemplo, a atmosfera de Vênus é muito densa e nebulosa, causando um efeito estufa muito intenso que produz temperaturas altíssimas no planeta. Já a atmosfera de Marte é muito esparsa e leve. A atmosfera do planeta Terra se difere das demais principalmente por possuir um ciclo hidrológico muito ativo.

Curiosidade: A nossa atmosfera pode ser conceitualmente dividida em várias camadas, de acordo com sua estrutura de temperatura e ionização. Assim temos a troposfera, estratosfera, mesosfera, termosfera, exosfera e ionosfera, diferentes partes da atmosfera com características distintas entre si.


Autor: Matheus Manente
Fonte: American Meteorological Society, cited 2014: Atmosphere. Glossary of Meteorology. [Available online at http://glossary.ametsoc.org/wiki/atmosphere.]; Ahrens, C. D. Meteorology Today: An Introduction to Weather, Climate, and the Environment. Brooks/Cole Cengage Learning, Belmont, CA, 2009.

Marcações: