Altostratus

Altostratus

Nuvens largas e finas, encontradas em altitudes médias na atmosfera, geralmente cobrindo toda a porção visível do céu.

As altostratus (abreviação As) se formam entre alturas de 2 e 7 km na atmosfera, e são compostas por um lençol fino de nuvem que cobre todo o céu sobre uma área de centenas de quilômetros quadrados. Geralmente, elas se mostram como uma camada de nebulosidade uniforme, embora por vezes listras paralelas possam ser vistas na nuvem.

Frequentemente se formando em áreas à frente de tempestades, as altostratus possuem uma coloração que pode variar entre o cinza e o azul, e sua espessura pode ser fina a ponto de o sol ou a lua serem vagamente vistos como discos luminosos através da nuvem. São compostas por uma mistura de gotículas de água líquida e cristais de gelo.

Este tipo de nuvem é capaz de provocar precipitação em uma grande área, de maneira contínua, embora nem sempre esteja acompanhada de chuva. Nestes casos sua base tende a diminuir de altura. Se a chuva atingir o solo, a nuvem passa a ser classificada como Nimbostratus.

Curiosidade: Altostratus são finas, mas não o suficiente para que o Sol seja capaz de criar sombras no chão. Esta é uma boa maneira de diferenciar nuvens altostratus e cirrostratus, uma vez que a última é transparente o suficiente para permitir a formação de sombras.


Autor: Matheus Manente
Fonte: Ahrens, C. D. Meteorology Today: An Introduction to Weather, Climate, and the Environment. Brooks/Cole Cengage Learning, Belmont, CA, 2009; Met Office, cited 2015: Altostratus. Cloud Spotting Guide [Available online at http://www.metoffice.gov.uk/learning/clouds/cloud-spotting-guide.];

Marcações: